Gerês Granfondo

ASFIC GERES GRANFONDO

ASFIC obteve o 3.º lugar por equipas no Gerês Granfondo

Decorreu hoje, 12 de junho, o Gerês Granfondo, prova organizada e bem pelo antigo ciclista Manuel Zeferino e que dá a oportunidade a todos os praticantes e amantes deste desporto de viverem por dentro um grande evento de ciclismo, as emoções e o desafio proporcionados pelo único cenário numa das paisagens mais bonitas de Portugal Continental.

A prova teve partida e chegada na vila de Gerês, desenrolando-se para Nascente, passando também pelos concelhos de Vieira do Minho e Montalegre, atravessando o Parque Nacional Peneda-Gerês, as barragens de Salamonde e as Lagoas do Tahiti.

A prova foi composta por três percursos, o maior e mais duro de 156 km com 2700m de acumulado de subida, o médio de 95Km com 1900m acumulado de subida, e o mini de 60Km com 1300m acumulado de subida, tendo os atletas da equipa riomaiorense ASFIC participado na prova mais longa.

Aberta a todos os ciclistas, participaram neste prova cerca de 2.000 atletas, tendo a equipa de Rio Maior feito se representar pelos ciclistas Rui Rodrigues, Humberto Careca, Hélder Pereira, Jorge Letras e João Portela.

A corrida teve inicio às 09h00, com os primeiros 7 km neutralizados dando-se a partida real ao mesmo tempo que se iniciou a primeira subida do dia e logo a um ritmo alucinante. O ritmo imposto inicialmente levou logo ao fracionamento do pelotão em vários grupos, tendo nesse momento se dado uma fuga com 3 elementos, entre eles o atleta da ASFIC Humberto Careca, tendo o trio chegado a ter mais de 3 minutos de vantagem.

O pelotão foi rolando com ritmos inconstantes até chegar aos últimos 35 km, quando os ataques foram sendo mais fortes e as dificuldades do terreno também iam aumentando juntamente com o desgaste físico.

A 15 km da meta o ciclistas eram confrontados com duas subidas, que embora curtas eram exigentíssimas com rampas a chegar aos 17%. O atleta da ASFIC Humberto Careca acusou algumas dificuldades físicas e acabou por ser absorvido pelo grupo perseguidor, que entretanto tinha conseguido escapar ao pelotão e onde se encontrava o seu companheiro de equipa Rui Rodrigues.

O grupo perseguidor chegou assim ao fim, mas faseado, tendo Rui Rodrigues cortado a meta no 8.º lugar da geral e 3.º no seu escalão. João Portela terminou liderando o pelotão na 14.ª posição e 7.º no seu escalão, Helder Pereira foi 23.º e 13.º no escalão, Humberto Pereira Careca 44.º e 23.º no escalão. Jorge Letras, além de ter arrancado numa posição muito atrasada ainda teve o azar de uma avaria mecânica que o impossibilitou de uma melhor prestação, alcançando o 71.º lugar e 40.º no escalão.

Os excelentes resultados obtidos pelos ciclistas da ASFIC Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic permitiram à equipa alcançar a 3.ª posição e a consequente subida ao pódio.

A direção da equipa dedica este resultado aos seus patrocinadores e a todas as pessoas que de alguma forma ajudam o clube, frisando que “hoje longe de Rio Maior provámos, uma vez mais, que esta grande equipa e a aposta nela, por parte dos patrocinadores não tem sido infrutífera”.

Imprimir Email

ASFIC RIBEIRA DE SÃO JOÃO
Equipa de Ciclismo
Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic

Siga-nos