Circuito Vila Chã de Ourique

ASFIC

ASFIC GRUPO PARAPEDRA / DINAZOO / RIOMAGIC, vence pela terceira vez consecutiva em Vila Vila Chã de Ourique – Cartaxo.

A formação da ASFIC Grupo Parapedra/Dinazoo / Riomagic bastante participou com 7 unidades nas duas corridas, categorias Masters 40/ 50 e Elites/Masters 30. Rui Rodrigues, Humberto Careca, Anibal Santo, João Porela, Luis Vicente, Hugo Feijão e Nuno Manso. 

Na prova dos Masters 40/50 alinharam 9 equipas e vários atletas individuais, para percorrer um total de 15 voltas ao circuito. Nesta categoria esteve presente Rui Rodrigues, Humberto Careca e Anibal Santo.

Nesta categoria a corrida andou a um ritmo elevado. De inicio a Asfic atacou a corrida por Anibal Santo, que andou sozinho cerca de 3 voltas. Quando o Atleta da ASFIC foi apanhado pelo pelotão, Rui Rodrigues atacou forte durante 1 volta, mas não conseguiu fugir ao pelotão. Quando Rui Rodrigues abrandou, Humberto Careca saltou para a fuga, conseguiu alguma vantagem sobre o pelotão, chegando a ter quase 2 mitutos de vantagem. Até ao final da corrida, o pelotão não conseguiu apanhar Humberto careca, que cortou a meta sozinho e com mais de 1 minuto de vantagem sobre o pelotão

Na categoria de Elites/Masters 30, alinharam também 9 equipas e alguns ciclistas individuais, para percorrer um total de 20 voltas ao circuito. Nesta categoria estiveram presentes os atletas da ASFIC  João Porela, Luis Vicente, Hugo Feijão e Nuno Manso.

A prova arrancou a uma velocidade alucinante, tendo rodado o pelotão inicialmente compacto, e houve muitos ataques ao longo de toda a prova. A ASFIC tentava gerir a corrida, pois adivinhava-se que a mesma chegasse ao sprint, tendo a  equipa como finalidade colocar o João Portela para discutir o sprint final com os seus adversários. Até a entrada no gancho para os últimos 200 metros para a meta, tudo corria como planeado pela equipa. João Portela, quando se encontrava junto aos 2 ciclistas adversários para dobrar o gancho e entrar nos últimos 200m, arriscou, entrou com mais velocidade, a roda traseira resvalou levando o João Portela a desencaixar o pé dos pedais e a ficar fora de discutir o sprint final.  Ainda assim, Hugo feijão cortou a meta em 4º lugar do seu escalão.

ASFIC dedica este resultado a Jorge Letras, que não pode estar presente por um motivo marcante na sua vida pessoal, que foi pai e encontrar-se a viver as emoções de ser pai pela primeira vez com a  sua esposa e o seu recém nascido filho.

Agradecemos a todos os patrocinadores, que acreditaram neste projeto e nesta equipa, ajudando e confiando que era possível sentir o sabor do “gosto” destas vitórias.

Imprimir Email

ASFIC RIBEIRA DE SÃO JOÃO
Equipa de Ciclismo
Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic

Siga-nos